Confessar exige coragem

Confesso a todos os presentes: fui leviana. E se isso denotar pecado para alguns, confesso que pequei. Por pensamentos e palavras que ainda não expressei, atos revolucionários que ainda não cometi e, omissões convenientes sobre a vida que levo, sobre os caminhos que traço nas linhas de um papel. Tudo pela culpa, tão grande culpa de um tempo, que nunca haveremos de controlar. Mas estou aqui para me remediar: leiam à vontade! ;D

quinta-feira, 13 de maio de 2010

A vida como ela é?

video


Além de engraçadinho, bonitinho, legalzinho, ou como mais queiram descrever, achei o vídeo muito pertinente. Fica esperto, cabeção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário